Notícias

17 de maio: FNP contra a economia do cafezinho

15/05/2017

Michel Temer e Pedro Parente atacam os direitos dos trabalhadores com políticas de corte. Petroleiros irão realizar mobilizações

Por Vanessa Ramos, jornalista da FNP

A Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) e seus sindicatos indignados com a continuidade da política de corte do dejejum dos trabalhadores da Transpetro resolveram construir um ato nacional contra a suspensão do benefício, a ser realizado no dia 17 de maio. Cada sindipetro filiado à FNP fará atrasos acompanhados do fornecimento de café, em suas bases.

A FNP e seus cinco sindicatos já haviam manifestado repulsa e preocupação com a atitude adotada pela gerência da Transpetro em outras mobilizações. Nas paralisações anteriores, os sindicalistas registraram a insatisfação com o corte da alimentação e alertaram sobre os riscos decorrentes da medida.

Ainda nesta semana, a FNP enviou um ofício para a empresa, em que solicitou uma reunião urgente para tratar do assunto. Até o momento, a Transpetro não se posicionou. Caso não se manifestem, as mobilizações e atrasos serão intensificados nas bases.

 

Contato

Avenida Presidente Vargas
502, 7º andar, Centro
Rio de Janeiro-RJ
CEP 20071-000
fednacpetroleiros@gmail.com

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos