Notícias

Juiz suspende venda dos campos Iara e Lapa para a corrupta Total

Decisão foi divulgada nesta terça-feira (10) e compõe mais uma vitória das ações populares, movidas pela Federação Nacional dos Petroleiros

Por Vanessa Ramos, jornalista da FNP | 10/10/2017
Juiz suspende venda dos campos Iara e Lapa para a corrupta Total

Juiz federal substituto da 3ª Vara Federal de Sergipe suspendeu nesta terça-feira (10) a venda dos campos Iara e Lapa, ambos localizados no pré-sal da Bacia de Santos. A decisão foi tomada depois da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) mover ação popular contra as vendas.

No documento, a FNP ressaltou que existe uma aliança estratégica com a francesa Total, acusada de corrupção em vários países. No entanto, a direção da Petrobrás insiste em vender para ela, por preço vil, importante parcela da sua participação nos campos petrolíferos.

Ainda na ação popular, a FNP esclarece que essa operação se trata, na verdade, da manutenção da Sistemática de Desinvestimento da Petrobrás, com clara desobediência aos princípios constitucionais. Em outras palavras, VENDA SEM LICITAÇÃO, prática considerada ilícita.

A FNP ainda explica, na ação, que os campos petrolíferos em questão ostentam um valor econômico imensurável, uma vez que abrangem valiosas reservas de petróleo do pré-sal, consideradas, pela Agência Internacional de Energia, como as mais promissoras do mundo.

Expropriação intelectual

 Para piorar, a direção da Petrobrás não está levando em consideração a mão de obra qualificada e dispensa, por meio da sua política de privatização, profissionais de extrema capacidade, com conhecimento e experiência essenciais em suas respectivas áreas.

Com isso, atualmente, é possível perceber problemas de composição de efetivo nas unidades e gerências inteiras impactadas em suas atividades. A bacia de Santos, por exemplo, está importando trabalhadores, às custas do esvaziamento de outras unidades.

Assim, a Petrobrás está sendo marcada por uma presidência sociopata e entreguista, totalmente alinhada com o plano de desmonte do país a qualquer preço.

Por isso, a FNP luta exaustivamente contra essa gerência. Nenhum direito a menos!

Documento

Leia na íntegra a decisão, clique aqui.

 

Tags ação popular privatização pedro parente

Contato

Avenida Presidente Vargas
502, 7º andar, Centro
Rio de Janeiro-RJ
CEP 20071-000
fednacpetroleiros@gmail.com

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos